Saulo Avelar

Cidadão do mundo. Cidadão de mudanças. Gosto de música antiga, de música nova, de drama, de ação, de videogame e futebol. Não desligo, a essa hora já deveria estar dormindo, não desligo. Sempre quis seguir, ser seguido. Sempre quis mudar o mundo e mudar com ele. Sempre quis.

Sou consultor por escolha racional, professor por escolha emocional. Em um mundo onde todo mundo busca um tempinho para relaxar, eu relaxo trabalhando, produzindo. Mas não me considero um “workaholic”, pois minha vida se tornou meu trabalho. Ok, para rotular, talvez um “worklover”.

Descobri, aos 22, que queria ser de tudo um pouco: jogador de futebol, político, juiz, amigo, filho, pai, engraçado, dramático, rock e samba, mas acima de tudo, queria ser melhor, melhor em tudo o que eu fizesse. Talvez por isso sempre procure a felicidade onde ela supostamente esteja: em qualquer lugar.