Mercado: Mulheres da classe C devem movimentar R$ 158 bi em 2010

Sylvia de Sá, do Mundo do Marketing

As mulheres da classe C devem movimentar R$ 158 bilhões até o final do ano, segundo expectativa do Instituto de Pesquisas Data Popular. Essas consumidoras são responsáveis por 41% da renda familiar, enquanto as mulheres da classe A ficam com apenas 25%. Atualmente, a classe C conta com 94,4 milhões de pessoas, uma fatia de 49,7% da população, que movimenta anualmente R$ 428 bilhões. Dentro dessa massa, existem 48,6 milhões de mulheres.

A mulher da classe C já responde por mais da metade do consumo de produtos e serviços de vários segmentos. Enquanto 59% dos homens deste grupo têm cartão de crédito, por exemplo, este número sobe para 62% entre as mulheres. Essas consumidoras também representam a maioria nos principais canais de compra do varejo. Nas lojas de roupas, supermercados e farmácias, as mulheres da classe C são 51%. Nos shoppings, há pelo menos 12 clientes mulheres deste grupo para cada 10 compradores do sexo masculino.

Avenida Brasil Comunicação | Classe C usa mais cartões

O crescimento da classe C pode ajudar o setor de cartões de crédito a driblar as dificuldades do mercado, segundo pesquisa realizada pela Avenida Brasil Comunicação. Hoje, essa classe social representa 85% da população brasileira e movimenta R$ 620 bilhões por ano.

Segundo o estudo, 69% dos cartões de crédito estão nas mãos de pessoas com renda de até R$ 1,7 mil, o que representa 86,9 milhões de cartões de crédito. Os private label, conhecidos como cartões de loja, são maioria na classe C: 134,9 milhões de cartões, o que significa 78%.

As classes C, D e E movimentaram, no ano passado, R$ 111,8 bilhões em cartões de crédito, o que representa 52% do volume total. “Isso nos leva a crer que o crescimento da classe média e a inserção de classes de renda mais baixa nos meios de pagamentos impulsionará todo o setor nos próximos anos. E as empresas devem ficar atentas à forma de consumir desses novos clientes, oferecendo informações para os consumidores reduzirem o risco de inadimplência”, alertou Renato Meirelles, sócio-diretor da Avenida Brasil.

Para este ano, a previsão é de que haja no Brasil 6,1 bilhões de transações com cartões, segundo levantamento da Abecs (Associação Brasileira de Empresas de Cartões de Crédito e Serviços). “A classe C utiliza os cartões de crédito para pagar as contas que estão para vencer enquanto não recebem. Esses créditos curtos servem como capital de giro. Porém, como os limites são baixos, eles não conseguem comprar bens duráveis, como fogão e geladeira. Outra função do cartão de crédito para a classe C é um seguro para momentos de emergência”, explicou Meirelles.

Outro aspecto que o consultor ressaltou é que muitos consumidores dessa faixa de renda estão começando a fazer suas compras pela internet. Hoje, 75% dos internautas têm renda de até cinco salários mínimos e 41% da classe C já fizeram compras pela internet. E 40% dos internautas que compram na rede visitam lojas físicas antes de decidirem pela compra na internet.

Geração C
Os jovens da classe C estão sendo chamados de Geração C e são 32 milhões de consumidores. Desses jovens, 53% têm cartão de crédito; 81,3% querem comprar carro; 54,2% sonham em viajar para o exterior; 59,1% pensam em trocar de computador; e 54,8% querem ter negócio próprio.

A publicidade para a classe C é algo que deve ser revisto, segundo Meirelles. Para o consultor, a comunicação voltada para esse público é falha porque se utiliza de conceitos que não são interpretados corretamente por esses consumidores. “As referências são diferentes; a educação e a cultura também. O que é óbvio para as classes A e B está longe de ser óbvio para a classe C”, explicou Meirelles.

O conselho do consultor é utilizar o que ele chama inteligente, simples e objetivo. “Por isso os bancos foram correndo buscar parcerias com o varejo porque o varejo tem credibilidade e sabe se comunicar com a classe C”, concluiu Meirelles.

Fonte: HSM Management

Visa | go.

A Visa Inc. apresenta sua primeira campanha publicitária global, intitulada “Mais pessoas Vão com Visa”, refletindo sua evolução para uma companhia unificada e global. A nova campanha permite que a Visa alinhe seu marketing mundial em torno de um só tema, que destaca a superioridade do valor oferecido pelos produtos da Visa em comparação ao cheque e ao dinheiro – incluindo mais segurança, mais controle e mais conveniência. A campanha também permite que a Visa racionalize seus custos, através da consolidação de suas iniciativas globais de marketing. A campanha “Mais pessoas Vão com Visa” estreará na TV norte-americana hoje (04/03) (quarta-feira), enquanto que no Brasil, os anúncios começam a ser veiculados no dia 8 de março (domingo).A campanha “Mais pessoas Vão com Visa” está centrada na principal estratégia de crescimento da Visa – migrar os pagamentos realizados por consumidores e empresas em dinheiro e cheque para um método de pagamento eletrônico melhor, ou seja, com cartões Visa. A campanha estabelece uma mensagem de marketing global única, executada localmente para máxima relevância, e comunicará a mensagem global da Visa com bastante eficiência.”A Visa habilita as pessoas a agir – a realizar aquelas ações que elas consideram mais importantes”, afirma Antonio Lucio, Diretor global de Marketing da Visa Inc. “A campanha ‘Mais pessoas Vão com Visa’ convida as pessoas a extrair o máximo da vida, todos os dias, com uma mensagem poderosa. Quero esclarecer que não se trata de gastar mais, mas de usar Visa para aquilo que realmente importa no dia-a-dia”.

Ao focar no estímulo ao uso dos produtos da Visa ao invés de dinheiro ou cheque, a campanha ajuda a promover o crescimento dos negócios de pagamentos das instituições financeiras clientes da Visa. Ao mesmo tempo, oferece a eles a oportunidade de concentrar seus esforços de marketing na diferenciação de seus produtos Visa aos da concorrência e no fortalecimento de seus relacionamentos com os clientes finais. A campanha também apoia os estabelecimentos comerciais parceiros da Visa ao promover a conveniência de usar pagamentos eletrônicos em categorias de comércios-chave.

A campanha “Mais pessoas Vão com Visa” é ao mesmo tempo otimista e calcada na realidade de que as pessoas querem viver o momento, mas dentro de suas possibilidades. Reconhece que, mesmo em tempos de incerteza, as pessoas querem seguir adiante, e destaca que a Visa oferece inúmeros produtos de pagamento e ferramentas de educação e gestão financeira esclarecedoras para ajudá-las nesse sentido. (Para mais informações sobre esses produtos e outras ferramentas de gestão, por favor, visite o site www.financaspraticas.com.br ou www.visa.com/goresponsibly).

Visão Geral da Campanha

A plataforma “Mais pessoas Vão com Visa” atinge, de forma relevante, todas as regiões geográficas, e será usada para promover tanto as inúmeras opções de produtos oferecidos pela Visa quanto à marca Visa. A campanha adapta-se a veículos de comunicação novos e tradicionais e dará forte apoio aos patrocínios globais da Visa e aos programas de marketing dos estabelecimentos comerciais.

No Brasil, o primeiro comercial que será veiculado chama-se “Gofesto”. Este filme leva aos telespectadores uma viagem ao redor do mundo mostrando diferentes pessoas de lugares diversos desfrutando de tudo o que o mundo tem a oferecer – desde experimentar uma aventura ao ar livre até uma simples ida ao supermercado. O comercial lembra os portadores de cartões de que viver não é apenas colecionar aquisições – é, acima de tudo, colecionar experiências. A Visa também criou peças de Internet que munirão os consumidores de ferramentas e informações para experienciar a vida – reforçada pela campanha “Mais pessoas Vão com Visa”. No Brasil, a campanha terá uma presença forte em portais como MSN, Yahoo, Terra, Google e Facebook, dentre outros.

Evolução dos Negócios

O lançamento da campanha ocorre menos de um ano após a histórica oferta inicial pública de ações (IPO) da empresa e sua reorganização histórica. O alinhamento das seis regiões da Visa em uma única empresa global permitiu à empresa conquistar a eficiência e o aperfeiçoamento em suas estratégias e tomadas de decisão globais previstos na época do IPO.

A campanha é parte de um esforço maior, voltado à reorganização das iniciativas de marketing da empresa, através do qual a Visa consolidou sua aquisição de mídia e criação publicitária global em uma só holding. Essa consolidação gerará eficiências operacionais significativas e reduzirá gastos com honorários e despesas de produção, maximizando a eficácia de suas despesas de marketing.

visa-go

Vejas os vídeos abaixo:

Shell e Visa sorteiam carros zero km.

shellEm parceria com a Visa, a Shell lança uma promoção exclusiva com o sorteio de 50 automóveis Ford Ka. De acordo com a gerente de Marca e Comunicação da Shell Brasil, Ingrid Bücknamm, é a maior ação promocional da Shell e esta é uma ótima maneira de estar em sintonia com os consumidores, oferecendo boas oportunidades de compra e serviços.

A campanha terá validade até abril. Para participar basta comprar R$ 30 em combustíveis, lubrificantes ou produtos da loja de conveniência Select com os cartões Visa e Visa Electron. Um cupom eletrônico será emitido e o cliente deverá se cadastrar no site para concorrer ao carro zero. Ótima ação da Shell. E aí, vai se cadastrar?